domingo, 4 de maio de 2008

depois da explosão - Parte 03

energia pura
adriano siqueira

Uma vez, á noite, olhei para as estrelas,
Havia algumas estrelas que se rebelavam
Elas não queriam ficar paradas, quietas,
estagnadas e apenas brilhando.
Corriam então, de um lado para o outro, sem rumo,
sem um local especifico para ficar.
Duas das estrelas que corriam pela noite,
perdidas e sem rumo estavam indo na mesma direção.
O choque que estas estrelas causariam, com o impacto,
poderiam destruir tudo a sua volta.
Mas, por algum motivo, as estrelas pararam bem próximas uma da outra.
Havia algo bem no meio delas que as deteve.
Algo muito maior do que podemos imaginar.
As duas estrelas tiveram o seu brilho mais forte.
Com este brilho, uma silhueta apareceu entre eles.
era você que estava lá.
Postar um comentário

Banner deste blog

Banner deste blog
Contos de Vampiros e Terror

  ©CONTOS DE VAMPIROS - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo