Livro Luar de Sangue da autora Dione M. S. Rosa

Livro Luar de Sangue da autora Dione M. S. Rosa
Livro que pode ser adquirido diretamente com a autora - clique no banner para conhecer o blog da autora.

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Mais desespero na terceira noite



─ Alô Débora!
─ Oi Gilberto meu amor! Estou esperando você.
─ É o trânsito. Muita chuva. Tudo alagado.
─ A Deise, minha irmã, está aqui. Ela quer conhecer meu novo namorado.
─ Já está querendo me apresentar pra sua família né? Me dá o celular dela para eu incluir nos meus contatos.
─ Tudo bem. Vou mandar por mensagem.
─ Obrigado ela vai ser a próxima.
─ Não entendi Gilberto. Está tudo bem?
─ Sim. Vai ficar melhor quando estiver com as duas. Assim fazemos uma festa. Recebi o texto.
─ Ela está no quarto gravando um Vlog sobre maquiagem. Vou desligar. assim que você chegar vamos ter uma noite incrível.
─ Vamos mesmo. antes de desligar. vou mandar uma foto.
─ Gilberto! Que foto é essa meu Deus! Você todo machucado! Que horror! Não gostei dessa brincadeira.
─ Eu achei que ficou muito bom. Quero deixar você e sua irmã desse jeito. Assim vocês podem colocar a novidade desta maquiagem no Vlog.
─ Você está louco? Isso é horrendo. Eu tenho nojo. É horrível.
─ É real. Eu juro que é.
─ Você está doente. Acho que deveria ir pra sua casa e falamos outro dia.
─ Não. Quero agora. Quero pegar vocês agora.
─ Deise! Tranca a porta.
─ Não preciso de porta para entrar.
─ Vou chamar a polícia.
─ Não vai ter tempo nem de gritar.
─ Quem é você? Fala com a voz do Gilberto mas não é ele.
─ Sou melhor. Tenho bom papo e sempre consigo o que quero. Meu nome é Neculai! E quero sangue quente de alguém completamente desesperado.
─ Onde consegui o celular dele? Você é o maniaco, louco e assassino que todo mundo está comentando.
─ Não grite! Quero ligar para sua irmã depois. Eu estarei ai em 3... 2...
─ Não... Socorro! Dei...
─ Tarde demais Débora. Você está no ponto. Isso sim é um bom jantar.
...
─ Oi Débora? Você me chamou? Eu estava gravando meu Vlog... Oh Meus Deus! Quem é você? O que fez com minha irmã?
─ Então você é a Deise. Gosta de maquiagem. O que foi? Achou meu rosto atraente?
─ V-você a matou? Minha irmã. S-seu rosto é... diferente.
─ Saiba que chamaria sua atenção. Você gosta de rostos assim. Você imagina me tocando. Imagina em deixar meu rosto mais bonito com seus conhecimentos. Nunca viu nada igual. É estranho não é? Alguma pessoas são atraídas de formas diferentes... Gostaria de tocá-lo?
─ E-eu posso?
─ Sinta. Está vendo. Pode tocar. É um pouco frio mas você não consegue tirar os olhos dele. Te deixa assustada e excitada ao mesmo tempo.
─ Eu quero! Sei que é repugnante mas não consigo me explicar. Desejo você...
─ Neculai.
─ Eu preciso de você Neculai.
─ Talvez outra noite. Eu voltarei. Diga para todos que foi o Gilberto que fez isso com sua irmã.
─ Eu farei tudo que quiser. Eu vou esperar você voltar Neculai.
─ Quero algo mais... Seu celular.


Por Adriano Siqueira

Veja a continuação desta história neste link:
http://contosdevampiroseterror.blogspot.com.br/2015/01/quarto-dia-de-desespero-hora-de.html


Postar um comentário

Banner deste blog

Banner deste blog
Contos de Vampiros e Terror

  ©CONTOS DE VAMPIROS - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo