sexta-feira, 26 de junho de 2015

A Verdadeira História do Conde Drácula

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Estou no Wattpad

Olá pessoal,
Agora eu também participo do Wattpad.
Este é o link do meu perfil.

https://www.wattpad.com/user/AdrianoSiqueira




Abraços e agradeço sempre a leitura dos meus contos e histórias. \o/ 
Adriano Siqueira


Poltergeist: A Maldição nos Sets de Filmagem

segunda-feira, 22 de junho de 2015

sexta-feira, 19 de junho de 2015

Um dia na vida do Desespero



Um dia na vida do Desespero
Uma exclusiva sobre como é o dia do vampiro Neculai 


— Alô?
— Olá Reginaldo. imagino que tenha muitas perguntas.
— Quem é você? Onde estou? 
— Sou Neculai. Este quarto em que você está é todo branco. Só tem uma pequena TV onde pode ver as pessoas em outro quarto. 
— Que loucura é essa? Que calor é esse? 
— Você está "sentindo" o clima. Ha Ha Ha. Deve estar uns 50 graus. Muito calor não é? Quer um sorvete? Ha Ha Ha. Tem água bem ai do seu lado. Viu como sou bonzinho.
— Me tire daqui! Agora mesmo!
— Calma Reginaldo! Veja as outras pessoas do outro quarto. Conhece alguém?
— Eu não estava vendo a TV... Não sei o que quer mas... Meu Deus! Minha família? O que está fazendo com eles. Estão tremendo.
— Eles estão em um quarto igual ao seu só que lá está com apenas 5 graus. Bem que eles queriam uma lareira.
— Não faça isso com a minha família!
— Mas você faz isso sempre com outras famílias em suas reintegrações de posses os prédios e comunidades. Não se importa em saber onde eles vão. Você não se importa em saber se eles tem filhos. Você não liga. Só quer fazer o eu trabalho. Jogá-los nas ruas. Retomar o terreno ou os prédios. 
— Pare por favor. Eu só estou fazendo o meu trabalho. Eu recebo ordens! 
— Tem um botão na sua frente. Se você apertar a temperatura em que você está pode ser trocada com a deles. Só tem um problema. 
— Qual é o problema seu maníaco?
— Esse botão só funciona uma vez.  A temperatura deles será de 28 graus e a sua será de 10 graus abaixo de zero. Só para você saber eles estão naquele quarto por mais de 3 horas. 
— Minha família vai morrer. Seu assassino! 
— Aperte o botão. Salve sua família.
— E eu? vou morrer? 
— É claro que vai. Ha Ha Ha. 
— Quem você acha que é para brincar com as pessoas.
— Sou Neculai. 
— Assassino! 
— Você só tem um minuto para decidir. depois disso o botão não funcionará mais.
 Desgraçado! Maldito!
 Estou sentindo o cheiro do seu desespero.
 Não Faça isso por favor!
 Ah... Mas que cheiro maravilhoso.
 Não... por favor! C-como apareceu aqui? Afaste-se! Socorro! Não Narrgh!!
... 

— Necolônia? Mas que diabos é isso?
— Os policiais não conseguem entrar na comunidade. Tem um tipo de campo de força. Tem cinco garotos apontando o celular para os policiais. Eles não conseguem entrar. Existe uma parede azul transparente impenetrável. Tem uma faixa de protesto escrito "Necolônia".
— Não me interessa! Eles tem que sair hoje!
— Senhor tem mais um problema assim no centro. A reintegração de posse não está sendo possível por causa de um campo de força produzidos por celulares dos moradores de dentro do prédio. Existe também uma faixa  escrito "Necolônia". 
...
— Alô Neculai! A Necolônia está funcionando.
— Isso é uma boa notícia Leopoldo.  
— Os campos de futebol nos bairros e os terrenos baldios estão sendo tomados pela empresa Necolônia para produção de prédios para abrigar os desabrigados. O frio está chegando e muitas familias serão beneficiadas. 
— Sim! tudo conforme planejado.
— Só uma pergunta Neculai. Quem está pagando todos estes prêdios?
— As empresas que dominaram a amazônia. Agora eles terão que pagar pelas 250 mil famílias desabrigadas ou não terão mais fábricas. 
— Mas as empresas não são daqui do Brasil. Isso pode causar uma guerra. 
— Se fizerem isso eu direi para todos que eles não pagam impostos. E que eles compraram a amazônia. Isso sim vai causar uma guerra. Eles tem muito a perder. Por isso vão doar este dinheiro para moradias. Simples assim.
— E a produção desses prédios? 
— O Dinheiro dos "Comodistas" será usado para isso.
— Parece que o senhor pensou em tudo. 
— Que horas chega o comboio? 
— Os caminhões que estão com a água chegam de noite. são mais de 300 caminhões. 
— Leve para a fábrica para colocar nos galões. A água deve ser distribuída com urgência para todas comunidades. em cada galão de 7 litros deve ter os dados da minha fábrica de água chamada de Neculíquido. É um presente para todas as comunidades. Isso vai ajudar nos meus votos. 
— Temos o problema com as liberações de biografias. Parece que muita gente quer escrever sobre o Neculai.
— Todas as biografias devem passar pelas mãos dos meus auxiliares. Nada será publicado sem a aprovação deles.
— E os aposentados.
— O plano novo dos aposentados sairá neste noite no meu programa de TV. Isso vai esmagar o governo e eles não poderão fazer nada pois é algo que é como um seguro. 
— Tenha um bom dia Neculai.
— Você também Leopoldo.
...
— Alô? Quem é? 
— Neculai!
— Descobriram a gente! Mudem o caminho!
— Ha Ha Ha! Mas assim não tem graça. Ladrões de banco! Ha Ha Ha! Acham que eu não sei como detê-los? 
— O Motorista está sendo atacado!
— Atira nele! 
— Ele é rápido! 
— Desgraçado!
...
— Deise! O caminhão com todo o dinheiro do banco deve ser levado para um lugar seguro. Vamos usar o dinheiro na empresa Necolônia. 
— Certo Neculai! Meu querido. Hoje foi um dia muito corrido para você. Fique na cama alguns minutos para que eu possa lhe dar uma massagem. 
— É uma boa ideia. Onde esta o Evandro?
— Na escola. Logo ele estará aqui. Relaxe meu querido. 
— Ligue a TV. Vai começar o meu programa. 
...
 Olá Queridos telespectadores. Eu sou Solange Pen...
— E eu Marco Tong. 
— Estamos começando mais um programa do Neculai. 
— Uma noticia que me deixou chocada hoje Marco foi a do homem chamado Reginaldo que foi encontrado morto em uma sala que estava com 9 graus abaixo de zero. 
— Sim e a sua família que também foi encontrada em outro quarto estava bem e não tiveram problemas. 
— Esse Reginaldo não era o responsável por retirar as familias dos prédios? 
— Sim e das comunidades também.
— Ah...
— Bem então vamos deixar as notícias tristes de lado e vamos falar das Boas Noticias.
— Sim Marco! A Aposentadoria que o nosso querido vampiro vai disponibilizar para o povo desta nação.
— É simples pessoal. Nada de somar coisas que vocês fizeram é só chegar nos trinta anos e assim garante a sua aposentadoria quando quiser. 
— Isso mesmo. Todo mundo pode se aposentar com apenas 30 anos e daremos vale-aposentadoria e poderão tirar o seu salário sem pagar nada.
— Neculai inventou o Ticket Aposentadoria. Será enviado para quem quiser. O formulário está no site da TV Neculai. É só preencher e encaminhar para o endereço indicado. Em um mês você começa a receber a aposentadoria. 
— Mas eu não preciso para nada Marco?
— Não precisa Solange. Isso não é loteria. É um presente do Neculai. 
— Isso é um sonho para muita gente.
— Sim vai ajudar todo mundo. 
— Com essa notícia encerramos o programa Neculai. 
— Isso Mesmo até a próxima.
...
— Pode desligar a TV Deise.
— Neculai. Isso é uma ideia incrível. Mas realmente meu adorado. De onde vai vir o dinheiro para pagar todos que quiseram aposentadoria? 
— Dos Comodistas. Vamos aumentar 50% do valor do Carnê do "Amigo Salvador Neculai"
— Que ideia incrível meu querido vampiro. Você agora deve descansar. O seu dia foi muito movimentado hoje. 
— Você beija muito bem Deise. Mas eu preciso resolver algo nesta noite. 
— Você não para nunca meu amor. 
— Sou um vampiro. 
...
— Alô!
— Você gostou Jaqueline? 
— Neculai. São lindas flores. Deixá-las no meu travesseiro... Isso foi um convite?
— Com a morte do Reginaldo,será você a responsável por esvaziar os terrenos invadidos. 
— Sim. Mas eu spo quero falar de uma invasão agora.
— Coloque o celular na cama e venha se deitar.
— Já coloquei. Uau! Você aparece tão rápido.
— Sim! Não quero perder nenhum segundo. Você é uma mulher encantadora. 
— Venha me dar um beijo meu admirado vampiro.
— Temos uma longa noite para nos divertir minha querida.
— Será a minha melhor noite. 
 Vamos nos apaixonar com música, com dança, com tudo que a noite pode nos dar.


Por Adriano Siqueira

Músicas que indico para ouvir 

https://www.youtube.com/watch?v=ljEi60VjLV4

https://www.youtube.com/watch?v=A5NXiMKXVkk

https://www.youtube.com/watch?v=rhfiiGGy7Ls

https://www.youtube.com/watch?v=Q4sPkS8b62Q










segunda-feira, 15 de junho de 2015

O Desespero procura os desesperados



O Desespero procura os desesperados
Uma pessoa solitária resolve ir em uma festa junina e encontra o vampiro Neculai

— Mas que cara é essa? Uma mulher bonita tem que se divertir. Que tal um sorriso? Garanto que vai fazer bem.
— Tudo bem! Olha Eu não vejo muita graça em festas juninas. Eu estou só de passagem. Queria conhecer a quermesse. Ver o que existe de barracas novas. A comida, essas coisas.
— Todos acabam se divertindo com algo. Upa Peixinho! Ha Ha Ha.  Aqui na barraca de pescaria é bem divertido. Tem muitos prêmios bacanas. Caso não goste ainda temos o famoso Bingo que sempre fica cheio de pessoas que gostam de ganhar alguns prêmios. Qual o seu nome? 
— Eu me chamo Isadora.
— Oi Isadora, eu sou Neculai. 
— Você tem o nome daquele vampiro assassino que aparece nos jornais. 
— Ha Ha Ha. Vai ver sou o próprio.
— Você é engraçado. E o que um vampiro estaria fazendo em uma barraca de pescaria na quermesse?
— Pescando! Ha Ha Ha. Na verdade eu estou apenas cuidando da barraca enquanto o dono teve uma repentina vontade de ir ao banheiro. Ha Ha Ha. Por que não arrisca a pegar um prêmio?  Ou será que tem medo de perder? 
— Bem que achei estranho seus óculos escuros. Afinal já é noite. 
— É para esconder meus olhos vermelhos. 
— Tudo bem! Eu respeito a loucura de todos. 
— Está vendo só! Seu bom humor começando a aparecer. Vamos torcer para não perder.
— Eu tenho perdido demais ultimamente Neculai. Meu namorado desapareceu, Estou desempregada, moro de aluguel, minha família mora no interior de São Paulo e pra completar meu celular quebrou. 
— Isadora. Sabe o que tudo isso significa? 
— Que estou ferrada? 
— Não! Ha Ha Ha... Significa que você está atualizada! Muitos estão passando por isso. É uma época complicada. É para isso que os desafios existem, para serem vencidos. Tem um ditado que diz: Se não pode vencê-los, sugue o sangue de todos eles e esconda os seus corpos. Ha Ha Ha.
— Neculai! Nunca ouvi falar deste ditado.
— Mas você riu. Isso já é um bom começo.  Agora vamos ver se você é uma boa pescadora. Afinal este é a barraquinha da pescaria.
— Tudo bem! Mas só uma vez!
— Vamos lá Isadora. Vamos ver se você pega um bom prêmio. 
— Acho que este peixe na frente parece bem mais facil de sair da areia. Deixa ver. Consegui! Número 55. O que eu ganhei? Fala Neculai? 
— É um número de sorte Isadora! Você ganhou um...
— Diz logo! Eu estou curiosa! Espera... O que tem ai? Uma caixa? Deixa eu ver. É meu!  
Ha Ha Ha! Curiosa mesmo! Está aqui! É todo seu. Pode abrir. 
— Mas... Mas isso... Uau! Um celular. 
— É uma grande vencedora. Está vendo? Sua sorte está voltando.
— Não acredito! Um celular novinho de ultima geração! Obrigada Neculai! 
— Agradeça a sua sorte. Neste celular já tem o meu número cadastrado nos contatos. Quando quiser é só ligar. 
— Você é demais! Mesmo com este óculos escuros.
— Por que não vai pegar algo para beber. Logo o dono da barraca volta do banheiro e eu posso te encontrar pelo celular. 
— Estarei por aqui na quermesse. Vou esperar a sua ligação.
— Antes de ir. Pode segurar esta minha sacora com você? Depois explico.
— Tudo Bem! Prometo não perguntar. Nos vemos daqui a pouco.  
...
— Agora sim! Vamos cuidar de você. Até que se comportou bem. Deixei você amarrado e deitado aqui embaixo enquanto eu falava com a moça.  
— Não! Socorro!...
— Não grita ou vai morrer agora mesmo.
Neculai! Eu não estava roubando o dinheiro da quermesse. Eu juro. 
— Cala a boca. Acha que me importo com o que você faz nesta quermesse? Nem merece título de ladrão. Mas vai morrer, pois não fui com a sua cara. Agora abre a boca que vou fazer você engolir esse peixe de metal.
— Não por favor! Por favor! 
— Moço! A barraquinha está aberta?
— Sim! Ha Ha Ha! Quer pegar um peixe não é? Vou contar um segredo. Esta vara aqui tem um peixe já colocada nela. Mas você tem que puxar. Puxar bem forte. 
— Oba prêmio garantido! Pai! Me ajuda aqui a puxar o grande prêmio! 
— Isso! Adoro essa união da família! Puxem com força. É o maior prêmio da barraca! Eu vou até ali e já volto.
— Puxa filho! Vamos ganhar o grande prêmio! Força! 
— Conseguimos conseguimos. Mas. Meu Deus! É sangue! Sangue! o peixe está cheio de sangue e com algo que parece uma língua! Socorro! Socorro!
...
— Alô! Neculai!
— Sim Isadora! Você ainda está na quermesse? 
— Estou sim! Estou sentada aqui tomando um vinho quente. Parece que houve uma confusão na sua barraca. Tem muita gente e a policia está no local. 
— Não aconteceu nada de mais. Só alguém que engasgou. Eu não estou podendo ir até ai. Tem muita gente no caminho. será que pode me ajudar?
— Claro o que quer que eu faça? 
— A sacola que te dei? Está com ela?
— Sim está comigo.
— Tem algum lugar escuro por ai? 
— Estou na última mesa, bem perto da parede e aqui é bem escuro.
— Eu vou aparecer ai. Vou precisar que você coloque o celular no chão bem atras de você e junto com a sacola. 
— Não vou fazer perguntas. Você é bem estranho. Pronto já coloquei.
— Não olhe ainda. 
Minha nossa! Você já está aqui?
— Sim. Não olhe. A minha sacola que estava com você tinha a minha roupa. Estou me vestindo.
— V-você é o vampiro mesmo! O Neculai? Mas por que? 
— Não entendi a pergunta.
— Por que me escolheu Neculai? Dizem que você tem muitas amizades influentes. Eu não tenho nada. Sou uma ninguém. 
— Não Isadora! Você é alguém que me conheceu e que pode dizer que sou especial. Você está vivendo os problemas atuais da nação. É alguém que está sentindo na pele as dificuldades. Mas você vai vencer. Neste celular tem todos os contatos que precisa. Cada contato tem um histórico registrado para ajudá-la. Emprego, Locais para morar, Empréstimos com nenhum juros e a longo prazo para pagar. Tem um contato que se chama Deise Day. Qualquer coisa que precisar fale com ela.
— Você não deve ser um vampiro... É um anjo.
— Olhe bem para os meus olhos Isadora. 
— Vermelhos. Eu sabia. Por isso usava óculos escuros. 
— Olhe bem perto. 
— Estou bem perto. Estou te abraçando. 
— Não tem medo de mim? 
— Estou toda arrepiada, mas não é de medo. Você é um anjo.
— Sou um vampiro que viaja pelo celular. Preciso de sangue e desespero para viver.
— Fala o seu nome de novo.
— Necu... lai... 
— Gostou do meu beijo.
— Sim! Gostei do seu beijo Isadora. 
— Posso fazer novamente?
— Tem... minha... permissão... Isadora.
— Sabe Neculai. Meu ex-namorado iria trabalhar hoje nesta quermesse. Na barraca em que você estava. Eçe disse que iria pegar uma boa grana e viajar por isso ele não queria me ver mais. No lugar dele. acabei encontrando você.
— Ha Ha Ha. Com certeza ele conseguiu o que queria. Fez uma viagem só de ida e deixou você aqui para me conhecer. 
— Você... Eu quero você. 
— Então vamos cuidar disso! A noite só começou. Vamos dançar? 
— Começou a chover...
— Não existe momento melhor Isadora. 


Por Adriano Siqueira

domingo, 14 de junho de 2015

Entrevista com Adriano Siqueira sobre o Vampiro Neculai



Olá Pessoal,
A Márcia do site Corujice Literária fez uma entrevista comigo sobre o personagem vampiro Neculai. Lá eu digo como foi o desenvolvimento sobre a criação do personagem e as novidades que ainda estão por vir.
Na segunda parte da entrevista o proprio vampiro Neculai é entrevistado. 

Segue abaixo os links das entrevistas.

Veja neste link a minha entrevista que falo sobre o processo de criação do personagem Neculai
http://www.corujiceliteraria.com.br/2015/06/entrevista-criador-e-criatura-parte-1.html#.VXQ7k1KPZzA

Veja aqui a entrevista com o vampiro Neculai
http://www.corujiceliteraria.com.br/2015/06/entrevista-criador-e-criatura-parte-2_7.html#.VXT0es9Viko


Abraços e obrigado por apreciarem as histórias do Neculai.
o link para ler todas as suas histórias é este abaixo.
http://contosdevampiroseterror.blogspot.com.br/2015/01/as-historias-do-vampiro-neculai-em.html


Adriano Siqueira

sexta-feira, 12 de junho de 2015

Cemitério Stull: Lar da Escada para o Inferno

Dia dos Namorados - A Noite é para os Amantes -

A Noite é para os Amantes
por Adriano Siqueira


Estar naquela mesa ao lado dela acariciando os seus cabelos ao som do Whitesnake deixava um ar de prazer e satisfação. Me sentia um homem de sorte envolvendo-me em seus braços e abraços.
As vezes eu engasgava e algumas palavras não saiam. Mas era por causa do meu sentimento de querer mais, de possuir mais.
Eu sabia que nao podia ficar tão envolvido... Eu Sabia?... Não queria saber queria era mais e mais e não importava mais nada a não ser estar ali aproveitar cada segundo daquele momento tão extraordinário e inexquecível.
Cada um de nós tem a sua própria vida mas quando estamos juntos é como se as nossas vidas não importasse naquele momento.
Em cada beijo eu escutaca as cadeiras e mesas caindo, os sons de algumas pessoas gritando de dor po prazer não importava... Eu só tinha olhos para ela naquele momento.
Ela estava me falando de tudo do nosso passado as vezes coisas que a deixavam triste outras que a deixavam muito feliz por lembrar. Mas o importante é que eu queria que aquela noite fosse a melhor de todas.
Os homens e mulheres estavam jogados no chão, o banquete de sangue era tão intenso que cheguei a ficar com água na boca... mas era também por causa dos seus beijos. Beijos que me tocavam a alma. Senti novamente o toque do amor. ó ela conseguia fazer isso. Tocar em mim... Por dentro. Uma magia que só ela sabia como fazer.
Sinto o sangue de todos naquela bar... O cheiro me enchia de prazer.
Um dos garçons que limpava a sua boca do sangue dos fregueses se aproximou e anunciou:
– Lord, o banquete está servido!
Eu agradeci e ela, sorrindo disse:
– E a banda que toca?
– Vamos poupá-los! Afinal... Eles tocam Rock and Roll.

quinta-feira, 11 de junho de 2015

Morre o ator Christopher Lee o eterno Conde Drácula


Nesta quinta-feira foi anunciada a morte do ator Christopher Lee (93 anos).  Ele ja estava internado no hospital e hoje foi divulgada a sua morte. 
Ele já havia falecido no domingo dia 7 por causa de problemas respiratórios, mas a família queria avisar os todos os familiares e hoje foi anunciada a sua morte.
É o ator que mais assisti filmes. Conde Drácula, Scaramanga, Sherlock Holmes, Conde Dooku, entre tantos que admiro demais. 
Os primeiros filmes que vi do ator foram no Corujão na década de 80 com os filmes de terror da Hammer. Depois eu assisti o filme 007 contra o homem com a pistola de ouro. (Christopher era parente do escritor Ian Flemming) 

Ele foi um dos ícones responsáveis por eu escrever e gostar dos vampiros. Mesmo estudando e trabalhando na década de 80 eu dormia mais tarde para ver o Drácula no Corujão na minha Tv do quarto, que era de tela grande, mas Preto e Branco. 

Um filme que pouca gente conhece pois não faz parte da Hammer é este - Dracula and Son (França: Dracula père et fils) de 1976 https://www.youtube.com/watch?v=C6s_JTm-lHU 

Segue abaixo algumas fotos dos seus filmes e imagens mais marcantes. 

nascimento 27 de maio de 1922
morte 11 de junho de 2015

Links sobre a sua morte




























































































Banner deste blog

Banner deste blog
Contos de Vampiros e Terror

  ©CONTOS DE VAMPIROS - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo