sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Livro Indicação - Mentira, Cicatrizes e Androides



Mentira, Cicatrizes e Androides - vários autores
Ana Karine Dantas, Yasmin Tainá, Gisela Lopes Peçanha, Thaís Scuissiatto, Henrique Ranieri, Cecília de Castro Algayer, Pedro Passos Karam, Álamo Pascoal, Letícia Copatti Dogenski, Rosmari Aparecida Capella Fernandes, Eliana Machado, Marcos Norabele, Raphael Sampaio, Edson Amaro de Souza, Gustavo Brasman

Do humor negro à busca pela humanidade, envolto em sonho ou realidade, criaturas e criadores protagonizam desejos e realizações em mundos desconhecidos e esquecidos. Amor, solidão, terror e fantasia criam ambientes mentais e reais para personagens além de humanos. Você está preparado para estas aventuras?


“Costumava fazê-lo com discrição, sem alaridos, que não era da sua natureza chamar para si atenção. Fora enviada para estar a serviço das criaturas terrenas, que davam forma e dimensão aos talentos dela, e os resultados eram de qualidade intimamente humana, às vezes pequerruchos, coisa pouca, às vezes com grande ar de desolação.”
(A Mentira)

“Encontrei o meu robô em um dia chuvoso. Eu procurava por comida em uma das valas do vilarejo. E lá estava ele, um erro, jogado fora.”
(Quebrando)

“Barão sentia que sua veia artística se tornara pele artística. Cinco anos na Escola de Belas-artes, tese sobre o temperamento explosivo-corrosivo de Camille Claudel e, agora ali, trancado naquele estúdio repleto das entojadas borboletas, dragões, cruzes, caveiras e defuntos do rock and roll. Sem poder criar nada de tão excepcional nem atingir voos maiores, vivendo naquele moto-contínuo de figuras repetidas.”
(O Tatuador de Cicatrizes)

ISBN: 978-85-5507-291-8
Páginas: 160
Edição: 1ª 
Ano Publicação: 2016
Apresentação: Brochura 
Formato: 14,8 x 21cms


Link da Editora Fragmentos
http://www.editorafragmentos.com.br/pd-3650a7-mentira-cicatrizes-e-androides.html?ct=107b47&p=1&s=1




quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Edgar Allan Poe - nasceu em 19 de janeiro

Olá pessoal
Hoje é a data de aniversário do escritor Edgar Allan Poe;
Trago para vocês fotos desta raridade, história em quadrinhos de 1952 sobre os seus contos.






domingo, 15 de janeiro de 2017

Como fazer dentes de vampiro - Gabriela Capone

sábado, 14 de janeiro de 2017

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Eram 13 homens na Feira de Sexta




Eram 13 homens na Feira de Sexta


Em um bairro perto do centro, havia uma feira que começava logo cedo.
A feira, que tomava toda a rua, era muito popular e sempre havia muitas pessoas que faziam as suas compras levando junto os carrinhos para encher de alimentos.

Em várias partes da feira apareceram os 13 homens, eles carregavam uma cesta.
Cada cesta com uma surpresa.
13 cestas eram colocadas em algumas barracas da feira.
Era sexta-feira 13 e as pessoas continuavam comprando seus alimentos completamente desavisadas sobre as 13 cestas.
Os donos das cestas saíram rapidamente da feira.
As 13 cestas ficaram nas barracas. Aos poucos elas estavam se movimentando.
Algumas pessoas levaram sustos.
Os 13 homens esperavam calmamente no final da feira.
O pânico e o tumulto das cestas se mexendo deixou os clientes assustados e começaram a correr.
13 cestas se abriram... Cada cesta com vários insetos e repteis e animais, começaram a sair. Cobras, Aranhas, Morcegos, Ratos, Baratas, Besouros, Lacraias, Lagartixas, Sapos, Escorpiões sairam das suas cestas e tomaram conta da feira.
Pessoas correram, atropelaram outras e caíram em pânico, Gritavam. Choravam e pediam ajuda.
De um lado. Um grande caminhão foi colocado para bloquear a rua. Do outro lado os 13 homem esperavam calmamente as pessoas chegarem no local.
Os homens tiram suas 13 espadas da cintura e vão cortando a cabela dos que estavam correndo. Isso cousou mais pânico. Mais grutos e sangue banhava o chão da feira de sexta.
13 espadas sendo usadas para causar terror na feira de sexta.
Ninguém sobreviveu neste massacre. A feira de sexta acabou. Os 13 homens guardaram suas espadas e foram para os seus devidos lares.

Que jogo fantástico!
Eu adorei parecia muito real.
Sim! os gritos e o pânico das pessoas eram perfeitos.
E olha que era só uma versão beta.
Não vejo a hora de comprar.
E eles dizeram que o jogo vem dentro de uma cesta igual o que deixaram na feira.
Como é o nome do jogo mesmo.
A Cesta da feira de Sexta.

─ Filho! Filho! Você viu o que aconteceu?
─ O que foi mãe!
─ Muitas pessoas foram mortas na feira aqui perto!
─ C-como?
─ Mortas por 13 homens com espadas!
─ M-mas era só um jogo!
─ O que? Que jogo?
─ O jogo da Cesta da Feira de Sexta.

─ A campainha! Vou ver quem é.
─ Não mãe! Espera!

Todos os 13 jogadores foram mortos pelos 13 homens com suas espadas. Suas cabeças foram arrancadas e colocadas nas cestas.

Venha jogar A cesta da feira de sexta.




por Adriano Siqueira

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Audioconto - Vampiro Neculai - Minutos de Desespero de um Fim de Ano

Conto de Vampiros Narrado por Bianca Luna e Adriano Siqueira
Texto
Adriano Siqueira
Narração
Bianca Luna do blog
http://entrelivroseentrelinhas.blogspot.com.br/

Histórias do vampiro Neculai
http://contosdevampiroseterror.blogspot.com.br/2015/01/as-historias-do-vampiro-neculai-em.html


sábado, 7 de janeiro de 2017

Hoje é o Dia do Leitor - 07 de janeiro



Olá pessoal,
Hoje é o Dia do Leitor - 07 de janeiro. Eu quero agradecer todos os leitores que passam por aqui neste blog para ler uma história ou um poema ou mesmo uma matéria. São vocês que fizeram deste blog o sucesso que ele é.
Agradeço demais as visitas e o apoio. Foi feito para vocês.




Parabéns Leitores.
Um grande abraço
Adriano Siqueira

segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

Viver para contar a história. - Contos de Vampiros




Viver para contar a história


Desde o início da humanidade e das criaturas sobrenaturais, um certo grupo era escolhido para decidir e organizar uma cidade. Estes pequenos grupos elegiam os guardiões para serem responsáveis para cuidar de uma cidade, um vilarejo e até mesmo um castelo.

Os guardiões eram responsáveis para manter a ordem e manter certas máquinas funcionando para o bem do local.

O castelo de que vou falar. Era povoado por vampiros.
Eles tinham o seu grupo que se reunia para eleger um guardião que pudesse dar segurança para todo o castelo. O vampiro Darfiglio foi escolhido para fechar todas as janelas do castelo após todos os vampiros chegarem da sua noite de caça. Isso evitaria que os raios do Sol entrassem no castelo, dando substancial segurança para os vampiros que iriam dormir durante o dia.

Uma noite o vampiro Darfiglio foi atacado por um caçador de vampiros enquanto todos tinham saido para caçar.
O caçador destruiu Darfiglio enfiando uma estaca em seu coração.

Os vampiros começaram a chegar e foram descansar em seus devidos quartos. Não se perguntaram e nem notaram que o vampiro Darfiglio não estava no local.

Por causa deste pequeno descuido. O Sol começou a aparecer. e todos os vampiros que estavam descansando em seu quarto, foram queimados pelos raios do Sol.

Houve muita gritaria, fogo e fumaça. Alguns gritavam por ajuda, outros chamavam Darfiglio. Mas nada adiantou. Em pouco tempo não existiam mais vampiros naquele castelo.

Todos os vampiros foram destruídos. O castelo ficou em ruínas.

Até hoje os vampiros contam esta história para os seus irmãos e acrescentam que devem ficar atentos e que todos devem cuidar um dos outros.

Deixar só um indivíduo cuidar de algo muito importante e se isentar da culpa por não verificar, por não ser responsabilidade sua, pode condenar a todos e levar um mundo a extinção.



Se algo saiu do cotidiano, Pergunte, Questione, Fique atento e de olhos abertos. Isso pode salvar muitas vidas. Todos somos responsáveis pelos que estão em nossa volta. Assim cuidamos devidamente do nosso mundo.


Abraços
Adriano Siqueira






   

domingo, 1 de janeiro de 2017

Retrospectiva - Adriano Siqueira - 2016

Minha Retrospectiva 2016 de eventos, palestras, exposições, oficinas, academia de letras, novos contos e audiocontos, entrevistas para blogs, site, revista, rádio, TV e Jornal. Obrigado pelo apoio de todos. Que venha 2017 \o/


Feliz 2017 para todos 
Abraços Adriano Siqueira

Banner deste blog

Banner deste blog
Contos de Vampiros e Terror

  ©CONTOS DE VAMPIROS - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo