Livro Luar de Sangue da autora Dione M. S. Rosa

Livro Luar de Sangue da autora Dione M. S. Rosa
Livro que pode ser adquirido diretamente com a autora - clique no banner para conhecer o blog da autora.

segunda-feira, 27 de abril de 2015

A fina linha que separa o Sangue do Desespero


A fina linha que separa o Sangue do Desespero
O Vampiro Neculai mostra os dois lados da moeda.



— Alô? Quer falar com quem?

— Está com problema no elevador Nirvaldo?
— Estou sim! A porcaria não desce e nem sobe! As portas estão abertas mas tem uma parede. Estou entre um andar e outro. O Telefone de emergência não funciona. Já passa das 21 horas. Não deve ter ninguém nos outros andares. Quem está falando? Fala logo!
— Eu sou quem você odeia.
— Como assim? Eu não sei do que está falando. 
— Ah. Você sabe sim! Tem um monte de panfletos na sua sacola. Fica até tarde no trabalho para imprimí-los. 
— Isso não é da sua conta!
— É quando estes panfletos falam mentiras sobre mim.
— Você é o Neculai? 
— Ah. Não estraga a história! Eu tenho que falar o meu nome primeiro! Entendeu!
— Você é louco! Eu vou acabar com sua loucura. Todo mundo já sabe que você é um assassino. Eu distribuo os panfletos para muitas pessoas no metrô. Faço isso há muito tempo e vou continuar fazen... O-o que está acontecendo? O elevadorrrr
— Alô? 
— O q-que a-aconteceu?
— O elevador desceu quatro andares mas eu consegui travar. Eu sou seu salvador Nirvaldo. 
— Seu desgraçado! Você está brincado comigo! 
— Nirvaldo. É triste saber que você trabalha no vigésimo segundo andar. Ha Ha Ha. Vai ser uma longa queda. 
—  Pare com isso agora mesmo! Eu tenho direito de criticá-lo!
— Nirvaldo você tem um problema e tanto. O elevador não está muito seguro. Acho que ele está meio solto.
— Eu disse que tenho direee...
— Alô?
— Maldito! Pare de fazer isso! Socorro! Neculai quer me matar!
— Mas eu só soltei o elevador por cinco andares. Ainda falta muito até chegar no inferno. 
— Você acha que vai vencer Neculai? Todos vão descobrir seus planos! Todos vão saber o que você é! Eles vão te prender. Vão te destruir! Va... Ahhh! 
— Alô? 
— Você pode me matar agora mas outros aparecerão!
— Conto com isso. Alias seu celular está cheio de contatos interessantes. Vou brincar com sua família. Vou brincar com seus amigos. Com seus parceiros. 
— Não faça isso! Eu farei qualquer coisa mas não faça nada com minha família. 
— Acho que já fiz algo com eles. Como acha que peguei o número do seu celular?
— Maníaco! Louco! Você vai pagar por isso Neculai! Eu vou matar você! As luzes? O que fez com as luzes? 
— Apaguei as luzes do elevador! Você não merece me ver.
— N-não me solt...
— Tomar sangue e desespero em um lugar escuro. Como é saboroso. Não se preocupe com sua família. Eu não fiz nada. Foi a Deise Day que descobriu seu número. Vamos lá Nirvaldo. Vamos tirar uma Selfie! Sorria... Ah. Que pena. Já morreu? Já foi para o inferno? Faz um esforço vai? Pelo menos está de olhos abertos! Ha Ha Ha! Vamos lá então ficar de rosto colado e tirar uma Selfie. 
Click! Pronto! Ha Ha Ha! Agora tenho uma ligação para fazer. 

....

— Alô? Quem é?
— Eu sou o Neculai, Sabrina
— "E a lua cheia estava tão brilhante naquela noite que fez todas as estrelas desaparecerem."
— Entrou em contato com o meu fã clube dizendo que faria algo terrível às 22 horas de hoje e queria que eu ligasse para falar comigo apenas alguns minutos.
— Sim Neculai. Exatamente isso. Estou dentro do meu carro, estacionado na rua, esperando alguém sair do trabalho. Ele vai andar a pé por cinco minutos até chegar no estacionamento para pegar o seu carro e ir para casa.
— Mostrou ser uma boa investigadora Sabrina. Posso perguntar onde me encaixo nesta sua história?
— Neculai... Eu não sabia o que era uma vida até saber que você existia. Desde então, tenho acompanhado cada passo seu, cada palavra, cada selfie que você tira com suas vitimas. Tenho várias pastas com as matérias de jornais e revistas que falam sobre você.
— Eu aprecio meus fãs. Eu cuido deles.
— Eu te amo Neculai. Eu queria dizer isso para você. Eu precisava dizer isso antes... Antes de...
— Vai matar alguém não é Sabrina?
— Sim... Sim! eu vou Neculai. Ele precisa morrer.
— Quer me dizer por que?
— Quero apenas que aceite meu amor. Quero apenas que lembre-se de mim como uma pessoa que te amou muito meu querido Neculai.
— Eu nunca esqueço de quem se sacrifica por mim Sabrina. Mas... eu preciso de respostas. Você não gostaria de me deixar sem elas não é?
— Claro que não meu querido. Pergunte. Eu responderei tudo que quiser. Só de ter sua atenção, escutar a sua voz, já me sinto a pessoa mais maravilhosa do mundo. Meu amor. Nunca vou esquecer você.
— Por que vai matá-lo?
— Existem pessoas que não merecem viver meu amor. Pessoas que fingem ser outras só para falar mal das outras. Pessoas falsas e egoístas que não admitem que ninguém seja melhor do que elas. Pessoas que perseguem as outras por não conseguirem ser melhores. Pessoas que fazem isso só pelo prazer. Só para poder satisfazer a sua autoestima.
— É alguém que fala mal de mim Sabrina?
— Sim meu amor. Ele não merece viver. Ele não merece nem falar o seu nome. Ele ri das suas palavras. Ele chama você de palhaço. Ele te xinga o tempo todo. Toda a noite ele imprime uns panfletos e distribui nas estações do metrô. Os panfletos só falam mal de você.
— E o que pretende fazer Sabrina?
— Eu descobri onde ele trabalha e comprei uma arma. Vou atirar nele. Várias vezes e Depois... Depois vou por um fim na minha vida. Por favor meu amor. Não é culpa sua. Não quero que minha morte seja vista como culpa. Eu faço isso porque eu o amo. Eu sacrificaria minha vida por você. Eu...
— Acha que se você acabar com ele as pessoas vão parar de me criticar Sabrina?
— Eu... Eu não sei Neculai. Só sei que será menos um nesta terra para falar mal da maravilhosa criatura que você é.
— Vou te dizer o que vai acontecer. Depois que você matá-lo e se matar, todos vão querer que eu morra. Eles saberão que você estava se vingando da piadas deste homem. Você vai me prejudicar sem querer.
— Não! Não meu querido! E-eu jamais prejudicaria você.
— É isso que vai acontecer Sabrina. Eles vão me culpar. Vão achar que mandei você fazer isso. Eles vão me odiar. Eles vão me caçar. Revidar desta forma, matar alguém que só tem inveja de mim, não fará nem você e nem eu melhor do que ele. Seremos os vilões desta história.
— Me desculpe Neculai. Eu não havia pensado desta forma. Eu estava dominada por minhas emoções. Ele fala tão mal de você que fiquei louca. Queria vê-lo morto.
— Você não tem culpa Sabrina. Este mundo em que você vive passa este sentimento de vingança para todas as pessoas através do seu cotidiano. Felizmente eu existo para mostrar que a liberdade não é conquistada pela vingança e sim pela vitória contra as injustiças. Injustiças que são escondidas e mascaradas, injustiças que a mídia não mostra por não dar audiência.
— Você fala tão bem Neculai. Você é tão sincero. Vejo um mundo maravilhoso quando você fala. Eu te amo mais do que nunca.
— Junte-se a mim Sabrina. Seja parte de mim. Você pode produzir panfletos também. Escrever as coisas maravilhosas que faço. Assim você pode dizer para todos o que faço por eles. Esta é uma boa forma de combater as criticas. Deixe os que falam mal continuarem falando. Se esta pessoa continuar com suas brincadeiras e seus panfletos deixe ele perder tempo com sua vida e ria dele. Siga seu caminho. Você sabe quem vai vencer no final. Neculai veio para vencer. Neculai veio por vocês.
— Você fala tão bem que ate esqueci do Nirvaldo.
— O nome dele é Nirvaldo? Acho que já ouvi falar dele, mas esqueça isso. Somos melhores do que ele e sua sede de vingança.
— Queria tanto você perto. Precisava do seu abraço.
— Coloque o celular no banco do passageiro Sabrina
— Não acredito! Você! Neculai! Dentro do meu carro. Só meu! Oh... você está?
— Pelado... é eu sei! Ha Ha Ha. E cadê o abraço Sabrina? Você prometeu!
— Vou dar um abraço tão forte em você que não vai mais sair de perto de mim. Te amo muito!


Por: Adriano Siqueira
Músicas que selecionei para esta história

https://www.youtube.com/watch?v=G6gI2MBRmzw

https://www.youtube.com/watch?v=PfAWReBmxEs






Postar um comentário

Banner deste blog

Banner deste blog
Contos de Vampiros e Terror

  ©CONTOS DE VAMPIROS - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo