quinta-feira, 4 de março de 2021

Entrevista com Simone Rodrigue

 





Entrevista com Simone Rodrigues

Para Revista Literatura Marginal 

Coluna 

Adriano Siqueira

"Fale de Você"




1 - Quando começou a ter esse gosto de escrever um livro? 

Simone - Meu primeiro livro,   produzido independente foi em 2018 quando Lancei Divã de Uma cabeleireira 


2 - RLM - Qual é o lugar que prefere morar? Campo ou cidade?

Simone - Cidade


3 - RLM - O personagem Auriel, o vampiro gosta de conhecer muitos paises? Ele virá ao Brasil?

Simone - Sim... por ter 500 anos de transformação Auriel desbravou o mundo.  

Ainda não sei se ele virá ao Brasil. A parte dois , a continuação , Entre o Amor e a Renúncia,  ja está pronta e em pré venda no livro físico.


4  - RLM - Tem muitos personagens interessantes no seus livros e muitos desenhos também. Sera que um dia veremos historias em quadrinhos?

Simone -  É  uma idéia! Quem sabe um dia, veremos Auriel, Suzanne, Tarik e Iridessa nos quadrinhos.  


5 - RLM - Qual o seu prato preferido? 

Simone - Amo peixe e frutos do mar.


6 - RLM - Teremos músicas também no livro 2?  

Simone: Sim temos música.  Eu sou muito musical e os livros tem suas trilhas sonoras. 


7 - O que é uma boa história para você?

Simone: Uma boa história pra mim é  aquela que integra o leitor  a historia, que o prende do inicio ao fim . Que toca o leitor na alma e passa pra ele todos os sentimentos da trama.


 - Obrigado pelas respostas.










Livro Entre o Sangue e a Magia

Prefácio: Adriano Siqueira

História e Desenhos 

Simone Rodrigues 

Sinopse

No Brasil, a psicóloga Suzanne Laval leva uma vida tranquila, focada no trabalho e na diversão com os amigos. Até ser surpreendida com uma notícia arrasadora. O tempo agora é curto e ela precisa encarar muitas coisas.

Na Itália, o médico Auriel Orsini tem uma vida solitária e monótona em Abruzzo, Sempre com poucas palavras e guardando um segredo sombrio, ele já não encontra motivos para continuar sua existência.

O destino fará com que os dois se encontrem. E suas vidas jamais serão mais as mesmas. Mistério e desejo entrelaçam as vidas de Suzanne e Auriel, nas paisagens românticas na bela Italia

Livro físico

https://souleditora.com.br/produto/entre-a-magia-e-o-sangue

Livro e-book

https://www.amazon.com.br/dp/B08NFBB9LN


Livro 2

Entre o Amor e a Renúncia









Sinopse: 

As vidas de Auriel e Suzanne, Tarik e Iridessa seguem belas e tranquilas por algum tempo, até que uma notícia inesperada surpreende a todos eles e este acontecimento envolve o regresso de Iridessa à sua terra natal, as lindas colinas verdejantes de Brynmor. 
Porém ela não partirá sem o amor de sua vida, Tarik e a companhia de seus grandes amigos, Auriel e Suzanne. 
Uma trama inimaginável envolverá os quatro, trazendo especialmente à Suzanne grandes desafios. 
Confidências, decretos, duelos, revelações e uma difícil decisão confrontarão o coração de nossa querida Suzanne. 
Embarque com eles nesta aventura e descubra o que os aguarda no incrível Reino de Brynmor!

Link Livro Fisico:

https://souleditora.com.br/produto/entre-o-amor-e-a-renuncia






quarta-feira, 3 de março de 2021

Maria Ferreira Dutra - Malditos Lobisomens

 



Maria Ferreira Dutra recebeu o certificado de aprovação da Darkbooks para participar com seu conto na antologia de 4 volumes chamada de "Malditos Lobisomens"


A autora também é artista e fez uma obra de arte para a sua história.


Biografia da autora 

Maria Ferreira Dutra


Maria Ferreira Dutra mora no Rio de janeiro e já morou na China em 2019. Participa ativamente com a sua criatividade e ideias nos seus trabalhos ligados a arte em geral e criou muitos personagens e desenhos incríveis que podem ser vistos em seu perfil no instagram @mariafsdutra 


É uma artista muito profissional e em seus inúmeros trabalhos artísticos, sempre aborda assuntos atuais e movimentos que defendem os direitos de uma sociedade que precisa de apoio e esclarecimento. 


É citada como autora criativa na revista LCB e também no site da Academia Poética Brasileira.


Escreve para o blog contos de vampiros e terror e também para o Recicla Leitores. A Academia Poética Brasileira a homenageou em 2020 com a Comenda Charlie Chaplin a autora pelos seus trabalhos no cenário nacional da Literatura e Arte. 


Livros que participou: 


"Eles Existem" volume 4 


"Bestiário" vol. 1,2 e 3 


Indílico Concilio


Poemas e Contos Extraordinários - e-book


Terror Natalino


Malditos Lobisomens


Segue abaixo a lista de todos os que vão participar com suas histórias nesses livros do Malditos Lobisomens que foi organizado por James gallagher Junior









terça-feira, 2 de março de 2021

Rádio Creepy Metal Show




Ouça os contos de terror da Rádio @creepymetalshow Além de muitos contos ainda tem "A Lenda do Sidoire" da Maria Ferreira Dutra.

Radioputzgrila.com.br


Narração

@sergiopires83


Ouça o programa nesse link:


https://www.mixcloud.com/radioputzgrila/creepy-metal-show-033-produção-e-apresentação-sérgio-pires/


--------++++++-------


@creepymetalshow Especial Lendas Brasileiras!! 

Confira nossas atrações: 

"Arquivos do Medo XI", produzido por @subdiscos_distro , 

"Dicas Literárias" com @alvezjoe , 

"Teorias da Conspiração - O Caso Prato, o Roswell brasileiro", 

a "Lenda do Sidoire", por @mariafsdutra , e os contos: "Boitatá Moderno", de @contos_e_contrapontos ,

 "Perdendo a Cabeça", de @rozz_messias , 

"Cupendipe e a Índia-lua", de @nandadiletante ! 


imperdível!!


A Rádio Rock de Verdade - Rádio Putzgrila!!


Acesse www.radioputzgrila.com.br ou baixe nosso app!!


---------++++-------


#contosnarrados #leitores #leitura #contosparaouvir #contosdeterror #contadoresdehistórias #históriasnarradas #leituradramatizada #parabénsriodejaneiro



 

domingo, 28 de fevereiro de 2021

Artes da China Girl

 Artes da China Girl e Video histórias para assistir.






#ChinaGirl
Pintura em #acrílico
25x30
#Arte da Personagem :
Maria Ferreira Dutra
@mariafsdutra

Painel das artes dos desenhistas sobre a personagem China Girllll!!!

Participe e mande o seu desenho.




Abaixo a lista dos que participaram desse painel fantástico da China Girl!

Personagem da @mariafsdutra

Ana Beatriz Duarte
Daniela Sardinha
Nicole Dutra
Lorena Andrade
Danilo Dutra
Kátia Andrade
Fabrício Dutra
Rodrigo Gallo
Adriano Siqueira
Maria Dutra
Lúcia José de Oliveira da Silva



Vejam as histórias em vídeo da China Girl

A descoberta - com a personagem  China Girl
Texto Maria Ferreira Dutra
Produção de vídeo e narração
Por Adriano Siqueira

https://youtu.be/-uVC9CKETrY

China Girl contra uma Quadrilha.
Texto Maria Ferreira Dutra
Produção de vídeo e narração
Por Adriano Siqueira

https://youtu.be/auql2auC1d4

Hora do Show. China Girl e David  Bowie
Texto Maria Ferreira Dutra
Produção de vídeo e narração
Por Adriano Siqueira
https://yoqutu.be/rrvG6T12myA

#art #arte #desenho #desenhista #ilustração #ilustration #ilustracao #ilustraciones #desenho #desenhista #lenda #instaart #artinsta #draw #drawing  #artedodia #artoftheday #acervomariadutra #artista #contosnarrados #contadoresdehistórias #históriasemquadrinhos #videohq  #quadrinhos  #históriasnarradas  #quadrinhosrj #pintura #quadro #acrílico #galeriadearte #pintora


sexta-feira, 26 de fevereiro de 2021

Nem tudo que tem coroa é rei

 


Nem tudo que tem Coroa é Rei

Texto e Arte:

Maria Ferreira Dutra


Todas as quintas-feiras seu Reinaldo montava a sua barraca de frutas e legumes em frente a padaria do Galo, localizada na Rua Salvatore em São Gonçalo RJ.

O abacaxi que se achava o rei da barraca, o melhor e mais importante de tudo e todos, ria da amiga banana  que era meio curva e tinha umas manchinhas pretas, falava da maça que  apesar de ter uma cor vermelha bonita, já havia envenenado uma princesa.  Ele achava estranho que em muitos gomos formava uma fruta só,  Dizia que o mamão, que é  amarelo por fora e abóbora por dentro, queria imitá-la, mas não chegava perto de ser igual a ele, pois além de não ter uma coroa, as suas sementes são inúmeras, pretas e ardidas como pimenta. Olhou para a berinjela e disse que ela era bonita mas não tanto quanto ele é e mesmo que ela tenha uma imitação de coroa na cabeça,  jamais seria uma rainha e sim uma berinjela para sempre.

Virou para a  manga que estava perto dela e disse: Sabia que muitos dizem que alimentar-se de você e beber leite a pessoa passa mal?

A uva  se revoltou  e tomou as dores daquela linda e rosada manga  dizendo para o abacaxi que se achava o rei das frutas e essa informação era uma mentira e pode sim tomar leite e comer manga junto e pois é muito gostoso.

O abacaxi riu da cara da uva e disse que, se elas fossem tão saborosas assim quanto ele, elas não sobrariam nas feiras.

As frutas  estavam irritadas com o abacaxi que se achava o melhor das frutas.  

Fizeram uma reunião entre elas e  resolveram não falar mais com ele até o término da feira. 

Se puseram atrás do abacaxi e o dexaram se aparecer sozinho na banca.

Enquanto isso elas tomavam a água que o feirante jogava para as refrescar e conservar.

O abacaxi dizia que não precisava de nada para ficar bonito pois ele já havia nascido belo. Desviou-se da água e esperou calmamente a clientela para levá-lo. 

O calor foi aumentando conforme o dia foi passando. As frutas, menosprezadas pelo abacaxi, estavam lindas e fresquinhas e ele  estava suado, com sede e a língua de fora, estava ficando murchinho com  o calor e os clientes foram passando,  elogiando a beleza das frutas e levando uma a uma.

A banca foi ficando vazia, apenas o abacaxi foi ficando.

Ele então pensou em fazer umas graças para os clientes terem vontade de levá-lo. Fazia careta,  ria , dava cambalhota, tirava a coroa, mas ninguém olhava e ele foi ficando muito triste. Até que uma menina correu para a sua banca, não conhecia aquela fruta achou, esquisito e curioso.  Pediu para a mãe comprar. A mãe disse que ele estava meio feinho, mas como a filha insistiu muito ela resolveu levar. 

Quando Gabriele foi pegá-lo com as suas mãozinhas de criança sensível, a coroa furou a sua mão,  ela chorou muito assustando o abacaxi.

Gabriele chamou ele de feio e disse para a mãe que não queria mais levar o abacaxi. Ele ficou triste e entendeu o quanto é ruim ser rejeitado.  O abacaxi se jogou no chão para chamar a atenção da menina com a queda a sua coroa se quebrou.

Gabriele sentiu pena dele e mesmo com medo, cuidadosamente ela o pegou e o colocou de novo na bancada. O líquido do seu corpo escorreu pelas mãos dela que, ao lamber, achou bom o gosto. Então Gabriela  disse para a mãe que levá-lo.

O abacaxi ficou muito feliz.

E no dia seguinte, sem saber, todas as frutas iriam se encontrar no  mesmo lugar.

Era dia de salada de frutas na escola e cada aluno levou um tipo de frutas.  

E foi a maior novidade na sala de aula. 

Juntos e picadinhos eles deram um colorido e sabor especial para a sobremesa.

Nunca mais o abacaxi se sentiu melhor que os outros. Entendeu que, unidos, todos são melhores.  


E tudo virou festa. 


Texto de Maria Ferreira Dutra