O Sangue dos Vampiros - clique aqui

O Sangue dos Vampiros - clique aqui
conheça mais sobre o livro O Sangue dos Vampiros - 2017

Livro Luar de Sangue da autora Dione M. S. Rosa

Livro Luar de Sangue da autora Dione M. S. Rosa
Livro que pode ser adquirido diretamente com a autora - clique no banner para conhecer o blog da autora.

terça-feira, 11 de agosto de 2009

O GATO - POR ADRIANO SIQUEIRA





O GATO
Por Adriano Siqueira



Em seu quarto, com o livro de partituras flutuando e folheando sozinhos, Witch estava dançando fazendo os objetos em sua volta dançar com ela, enquanto estudava para as aulas de música. Esse era o seu jeito de sentir a música.
Jonas, o mordomo, interrompeu a dança mágica com um bater na porta.
 Srta. Chegou um presente, é uma caixa. Coloquei na sala.
Witch adora presentes e surpresas. Seus poderes não são tão completos para poder adivinhar o que tem dentro da caixa, mas seria terrível saber o que ganhar antes de abrir e as vezes se sente como humana, é adorável e excitante.
A caixa estava lá... parecia ser uma gaiola. Ela abriu com toda a velocidade de uma mulher quando ganha algo.
Um gato... e preto. Lindo ..
O gato lambia seu rosto como se já conhecesse. Foi amor à primeira vista.
 A Srta. tem certeza que quer ficar com ele?
 Claro Jonas! É lindo! Já viu uma bruxa sem um gato preto?
Jonas desaprovou a ideia mas, mesmo assim, pegou o leite na geladeira e disse ironicamente.
 Sim srta. tem razão. Vou providenciar o caldeirão e as vassouras também... Quem sabe transformamos esta mansão em uma simples casa de chocolate?
Fazendo uma careta Witch pega o gato e leva para o quarto,
 Vou ficar com ele Jonas e ...Sabe. Agora que notei ... Você ficaria bem de ratinho branco.
A noite chega e Witch dorme tranquilamente. O gato na cabeceira da cama olha para a lua e depois disso nada será como antes... Uma transformação tem início... Aquele gato virará um homem.
 Srta... - dizendo bem baixo para a Witch - Precisa me ajudar...
Witch acorda e com seus reflexos prende o homem com grades feitas por luzes sólidas.
 Quem é você??? Como entrou ?? Cadê meu gato???
 Por favor senhorita. Eu não posso responder tudo de uma vez. Tenha calma. Não sou seu inimigo. Apenas peço seu auxilio. Esta maldição apenas me deixa nesta forma à noite e de dia volto a forma de um gato. Meu reino está em apuros tenho que voltar mas antes, peço para que retire a maldição que esta em mim.
Witch olha para aquele homem bonito e muito alto, ele poderia facilmente dominá-la se não tivesse poderes de bruxaria mas, ela, por alguma razão confia nele e o liberta.
 Certo mas, se der uma de engraçadinho, eu pessoalmente deixo você com forma de gato pro resto da vida!
Pegando os livros e grimórios mais antigos ela pesquisa sobre este feitiço.
 Srta. Temos companhia.
A lua que estava brilhando como um Sol. E começa a ser coberta por vultos negros. Eram milhares de morcegos que estavam indo em direção a mansão.
 Estou levantando uma barreira para eles não entrarem na mansão. Pelo menos por uns 10 minutos espero terminar isso antes.
Dizendo algumas palavras ela joga o feitiço naquele homem que agora fica transformado em meio homem e meio gato. Ele responde ironicamente.

 Ótimo! Agora estou vestido para um baile de fantasia. Obrigado.
 É o melhor que eu pude fazer seu mal agradecido.
 O melhor? Estou parecendo o leão covarde do Mágico de Oz.
Pelo menos agora, você ficará nesta forma dia e noite.
Fantástico querida. Vou poder passear muitonesta forma. Talvez eu ganhe até uns trocados em um... Circo!
 Pois é melhor um leão do que um rato que é no que vou te transformar se você continuar tagarelando!
 As mulheres da cidade são sempre assim? Por isso gosto do campo.
Jonas entra no quarto e vê a briga dos dois e não consegue evitar em dizer.
 Srta Megera Domada os morcegos estão batendo na porta. Posso deixá-los entrar para tomar um chá enquanto você marca a data do casamento?
 AAAAAhhhh! Odeio homens!
Usando as músicas que havia criado ela faz uma barreira de som e os morcegos ficam perdidos e sem direção espalhando-se pelo céu e terminando a ameaça.
 Ora vejam só! - falava o homem-gato batendo palmas - Conseguiu fazer um feitiço que funciona em menos de meia hora.
 Deita na cama agora!
 Hei! Calma aí! Eu sou um homem delicado. Essa não é a maneira certa de me seduzir.
 Agora!
 Tá bom. Tudo bem mas, e esse garçom ai? Vai ficar olhando?
 É mordomo! E não é para fazer sexo que quero você ai... Com você deitado e parado o feitiço será mais fácil de ser retirado.
— Sei...
 Se você ficar quieto, eu lhe darei uma sardinha de presente. - Jonas disse isso rindo da situação.
 Odeio cidade grande.
 Quieto! Estou terminando.
 Ser um gato não era assim tão ruim.
 Quieto ou eu o transformo em papagaio!
 Currupaco... - Jonas estava no chão de tanto rir.
A luz era bem pequena e tomou, de repente, toda a parte do quarto. Quase chegou a iluminar a cidade a sua volta... Gritando palavras que apenas Merlin sabia o significado, o corpo daquele homem-gato aos poucos voltava a ser como era, humano.
 Finalmente! - disse ela.
 É mesmo! Funcionou estou inteiro de novo!
 Acho que não senhor o seu rabo sumiu.
 Engraçado Jonas... já viu um mordomo partido em dois?
 Parem com isso vocês dois!
 Tudo bem ... já vou indo. As bruxas da cidade me fazem mal.
 Os homens-gatos também. - Disse Witch olhando para ele.
O homem segue seu caminho. Ele olha para Witch e sorri, mas antes de ele dizer algo, Witch interrompe.
 Eu fiz o que deveria fazer. quando tiver mais problemas apareça.
 Sempre terá uma tigela de leite te esperando. - Jonas sempre irônico – é atingido pelo cotovelo da Witch.
 Não liga pra ele... volte sempre sim.

O homem segue seu caminho para seu reino pronto para voltar a batalha.
 Corajoso. - Jonas diz - Ele voltará.
 Claro! - Witch vai até a janela e acena para ele.
 Eles sempre voltam.



Adriano Siqueira




Postar um comentário

Banner deste blog

Banner deste blog
Contos de Vampiros e Terror

  ©CONTOS DE VAMPIROS - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo