O Sangue dos Vampiros - clique aqui

O Sangue dos Vampiros - clique aqui
conheça mais sobre o livro O Sangue dos Vampiros - 2017

quarta-feira, 27 de junho de 2018

Maldição do Cão - poema Adriano Siqueira

 
A Maldição do Cão

No meio do mato havia um cão.
Ele me viu e me caçou.
Tentei correr, mas foi em vão.
Caí entre as folhas e ele atacou.
Com as patas no meu peito
Ele rosnou.
Ao ver seus olhos vermelhos
Meu coração quase parou.
Minha camisa, ele destroçou.
E, com um rosnado assustador,
Usando a sua boca ferroz,
O cão me arrastou.
Por um momento, ele latiu
E me mordeu.

Tornei-me o cão que eu temia.
E achei você na mata perdida.
Desesperada e aflita.
Sem ter como fugir
Da vida perdida.
Da noite caída.
Da alma maldita.
Pois agora
Sou o cão no meio do mato.
Faminto e transformado.
Amaldiçoado.

Por Adriano Siqueira

Postar um comentário

Banner deste blog

Banner deste blog
Contos de Vampiros e Terror

  ©CONTOS DE VAMPIROS - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo