O Sangue dos Vampiros - clique aqui

O Sangue dos Vampiros - clique aqui
conheça mais sobre o livro O Sangue dos Vampiros - 2017

terça-feira, 12 de junho de 2018

O Amor do Desespero - História inédita do vampiro Neculai



O Amor e O Desespero.
Uma história do Vampiro Neculai
Por Adriano Siqueira.

─ Alô! Marina! Querida eu estou aqui com um presente pro seu namorado que você vai amar. Recebeu meu e-mail. É um produto lindo demais. Um perfume especial. É edição limitada por isso já reservei o seu... Espera só um segundo.

─ Cadê a faxineira para limpar o meu lixo. Eu estou em uma ligação muito importante aqui e o lixo ta transbordando.
─ Eu estou aqui Leila. Eu recolho o lixo.
─ Vai logo! Não tenho o dia todo.
─ Pega leve ai Leila. Tenha respeito.
─ Não se mete Renata. Eu tô ocupada aqui e ainda preciso sair pra comprar o presente do meu namorado.
─ O lixo está recolhido Leila.
─ Demorou muito! se eu perder essa venda eu reclamo com a gerente e coloco você na rua.
─ Você não devia tratar os outros assim Leila.
─ Cala a boca Renata! Vai cuidar da sua vida... ─ Alô! Marina! Desculpa a demora é que eu estava vendo um presente para você com o gerente pois você é minha amiga e eu consegui mais um perfume de graça se você comprar este pro seu namorado ganha um para você Ah. obrigada. Você é u amor. Depois passo na sua casa de tarde. Beijos.
─ Que dia estressante. Ai que droga derrubei o café na mesa toda. Faxineira! Que saco! Vou no banheiro e quando eu voltar quero minha mesa limpa viu faxineira!
─ Só me faltava essa quase manchei meu vestido. Meu celular está tocando. Que bom que não tem ninguém no banheiro.
─ Alô! Eu sou a Leila.
─ Eu sou Neculai.
─ O que deseja Neculai. Quer algum produto?
─ Sim estou procurando uma essência e você é a pessoa exata para ajudar a encontrar.
─ Sou a pessoa que queria eu acho o perfume ideial para você Neculai.
─ Eu acho mesmo que você é ideial Leila. Ha Ha Ha
─ Bem eu...
─ Você está sozinha no banheiro. Tudo está trancado. Só eu e você aqui.
─ Alô! Olhá se você for um daqueles tarados Vai se ferrar. Conseguiu eu telefone com quem? Foi a Renata? Aquela mocréia.
─ Ha Ha Ha! A Renata disse para você tratar direito quem trabalha com você.
─ Como sabe disso? Está me expiando? Quem é você? 
─ Sou Neculai. Eu vi o que você fez com a moça da limpeza. Ha Ha Ha! Ela esqueceu de recolher você junto com o lixo. Pessoas como você que se acham no direito de tratar os outros como lixo merecem um castigo.
─ Por que não consigo desligar essa porcaria de celular. Vai se catar Neculai.
─ Eu estou atrás de você.
─ C-como apareceu? Eu vou gritar.
─ Se gritar eu coloco você na privada.
─ P-por favor não! Não me machuque.
─ Ah não vou machucar você. Sinta esse cheiro. Ha Ha Ha. É o cheiro do desespero.
─ Não! Saia da daqui! Socorro! A porta está trancada!
─ Não tem como sair. Você merece uma boa lição de boas maneiras e eu serei seu professor.
─ P-por favor. Me desculpa. Eu não vou fazer mais isso. Vou tratar todos com respeito, Só me deixa ir.
─ Ha Ha Ha. Mas eu adoro essa essência. O desespero está quase no ponto para misturar com o seu sangue e eu terei uma ótima refeição. Ha Ha Ha! Que cheiro maravilhoso tem todo esse seu desespero.
─ Alguém me ajuda!
─ Eu ajudo!
Crash!
─ Você bateu minha cabeça no espelho. Estou sangrando. Socorro!
Crash!
─ Ah... N-ão p-por favor.
─ Você acha que as pessoas trabalham recolhendo lixo por gostarem? Você acha que está neste mundo para abusar dos outros? Aquela faxineira tem namorado. Não ganha o suficiente para comprar um perfume caro ou mesmo levar o namorado em um bom restaurante.
Crash!
─ E-eu não sabia... S-socorro!
Crash!
─ Assim que eu gosto. pele macia. Cheiro de desespero e muito sangue. Ha Ha Ha! Estou muito apaixonado! Deve ser o dia dos Namorados. Mas não morra ainda. Não antes de eu tomar todo o seu sangue junto com essa essência do desespero.
U-u.. Não... N....
─ Pronto! Aposto que morreu tão feliz que nem teve tempo de se despedir. Ha Ha Ha. Agora vou falar com a faxineira que você humilhou.

─ Alô! Aqui é a Evelin. Quem é?
─ Eu sou Neculai, Evelin. Sei qu teve um dia difícil. É sobre seu namorado.
─ O que tem meu namorado? Quem é você?
─ Não se preocupe. Apenas ouça. Um dos gerentes vai procurá-la. Ele vai te dar o resto do dia de folga para poder passar com seu namorado. Ele também vai te dar o endereço de um restaurante que já tem uma mesa reservada para vocês jantarem lá e os dois irao receber meu presente do dia dos namorados. O carro estará na porta do restaurante. Ele é de vocês. desejo um feliz Dia dos Namorador. Aproveite.
─ Alô! ─ Alô! Desligou. Que loucura.
─ Evelin?
─ Senhor?
─ Chegou essa carta aqui do chefe. Ele está dando o resto do dia de folga pra você.
─ Uau! Era verdade!

─ Alô! Deise!
─ ─ Alô! Querido Neculai! Fiz tudo como pediu. Entrei em contato com a empresa e falei com o diretor. É claro que ele aceitou de imediato os seus pedidos. E disse para marcar um encontro ele precisa falar com você.
─ Eu sou sócio da empresa onde a Evelin trabalha. Quero que a promova e coloque ela apenas para chefiar tudo.
─ Como quiser meu querido Você sempre é magnifico. E agora como Ministro da Cultura. Está bem ocupado. Logo chegará na presidência.
─ Faço o que posso.
─ A propósito querido Neculai. Tem algum programa para hoje de noite .
─ Vou passar a noite com a Karina. Vamos nos divertir um pouco. Vai sr bom para ela.
─ Feliz Dia dos Namorados. Querido Neculai.


Postar um comentário

Banner deste blog

Banner deste blog
Contos de Vampiros e Terror

  ©CONTOS DE VAMPIROS - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo